Postagens populares

6 de set de 2012

Eu e você


Eu e você
Taianara Fontenele

O que aconteceu? De repente, tudo ficou diferente. Não nos falamos nem nos vimos mais. Aqueles risos sumiram. Estamos cada vez mais distante um do outro. Quem se afastou? Quem nos afastou? O tempo? O destino? Eu ou você? Uma dúvida que não quer calar: eu falo com você e não recebo resposta; penso em você e me pergunto se você pensa em mim. Será que ainda vou vê-lo? Isto só quem pode responder é o tempo e o destino.   

23 de jun de 2012

A vida-2

Nossa vida é uma surpresa nós não sabemos o que vai acontecer. Por isso deixo com vocês a dica: Curta a vida como se não houvesse amanha.

28 de mar de 2012

O DIÁRIO DO LOBO

O DIÁRIO DO LOBONATAL,39 DE JANEIRO DE 4054

Olá, querido diário

Eu sou o lobo da estória da Chapéuzinho Vermelho e vou contar a verdadeira versão:
Era uma bela manhã. Decidi passear, quando vi uma menina que usava um capuz vermelho. Tive a impressão que já a conhecia. Fui falar com ela e ela me disse que não falava com estranhos. Eu disse que ela era minha amiga no facebook e ela ficou me encarando. Disse que ia visitar sua avó que estava doente. Dei a ideia para ela ir à floricultura comprar rosas. Ela adorou a ideia e foi embora. Continuei a andar até avistar a casa da dona Ana, que era a avó da Chapéuzinho. Decidi fazer uma visita. Quando cheguei lá, dona Ana disse que precisava sair. Pediu que eu cuidasse da casa até ela voltar. Deitei na cama e vi os óculos da dona Ana. Botei-os na cara pra ver se ficava bem. Isso aconteceu na hora em que Chapeuzinho bateu na porta. Eu disse para ela entrar. Ela entrou e me viu deitado na cama e saiu gritando, pensando que eu tinha matado a avó dela. Quando dona Ana chegou, estranhou eu estar de óculos. Antes que eu explicasse a situação, o caçador chegou e tentou me matar. Por sorte, conseguir fugir.

28 de fev de 2012

É preciso lutar Marcia Kupstas

Essa historia fala sobre um carro da Prefeitura, que chegou para cortar uma árvore. Uma pessoa chamada Kanassa subiu nela para que não a cortassem. Um funcionário mandou ele descer, mas ele não obedeceu. Começou a chegar gente e uma em equipe de TV se interessou pelo assunto, mesmo achando que ele queria publicidade. Isso revoltou duas crianças, uma menina e um menino. Depois que    a equipe de poda da prefeitura foi embora, Kanassa desceu da árvore e foi para sua casa.
Pela madrugada, os funcionários da Prefeitura voltaram para fazer o serviço, livre do problema. A menina acordou e foi à casa de Kanassa, que acordou rapidamente e subiu na árvore novamente. A menina foi para sua casa e ficou conversando com ele pela janela, até que os homens da prefeitura foram embora. Todos foram dormir e, no outro dia, quando a menina foi para a escola, contou tudo pro irmão. Eles juntaram muitas crianças e  reuniram uma multidão.  Todos foram para casa de Kanassa, onde fizeram um abaixo-assinado em defesa da árvore...

Adorei o livro, recomendo que leiam.

27 de fev de 2012

Voltei!

Oi eu voltei das minhas ferias do blog bem longas rs, agora pretendo continuar escrevendo sobre os livros que leio.